Novidades

Parque Nacional de Chapada dos Guimarães 17/06/2019 19:47

Prevenção a incêndios reuniram especialistas internacionais no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães.

Encontro reuniu especialistas em gestão de fogo dos Estados Unidos, Portugal, Espanha e do Brasil no Parna da Chapada dos Guimarães.

 

 
De 2 a 9 de junho mais de 40 técnicos estavam reunidos no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães em Mato Grosso para a troca de experiências

Especialistas em gestão de fogo em áreas protegidas dos Estados Unidos, Portugal, Espanha e do Brasil estavam reunidos no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, para trocar experiências em ações de prevenção do fogo.
Eles participaram do III Intercâmbio Internacional de Manejo Integrado do Fogo (XFire), evento organizado pela Coordenação de Prevenção e Combate a Incêndios (COIN) do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade.
Ao longo deste semestre, já aconteceram duas edições do evento, entretanto, reuniram apenas especialistas brasileiros em fogo para trocar experiencias, além se prepararem para o encontro internacional.
Neste período os técnicos trocaram experiências do uso de fogo como técnica de prevenção aos incêndios florestais na unidade de conservação. Um dos aprendizados com os especialistas internacionais foi a gestão da fumaça nas queimas prescritas, direcionando a fumaça de forma que não impacte negativamente a segurança e a população como aeroportos, estradas e cidades. Eles também compartilharam boas práticas teóricas e práticas sobre a prescrição de uso do fogo controlado em áreas pré-determinadas e autorizadas, diminuindo assim a quantidade de material combustível e prevenindo os grandes incêndios florestais que podem ocorrer na época de seca.
O encontro reuniu 40 especialistas em incêndios florestais entre coordenadores, instrutores e cursistas do ICMBio, Ibama, Funai, Universidade Federal de Viçosa, Universidade Federal do Mato Grosso, Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Mato Grosso, Secretaria Estadual de Meio Ambiente de Mato Grosso, além dos representantes dos países Portugal, Espanha, EUA.
O XFire foi pensado para discutir e melhorar os planejamentos e as técnicas do uso do fogo para a conservação, além de técnicas de monitoramento associadas ao Programa Monitora do ICMBio.
O processo de gestão do fogo nas UCs teve ganho significativo com a mudança de concepção para o Manejo Integrado do Fogo. Por isso o ICMBio trabalha com o assunto na perspectiva de integração de processos institucionais e do manejo adaptativo, envolvendo outros processos trabalhados pela instituição como pesquisa e monitoramento. Desta forma, é possível orientar as ações e as comunidades vinculadas, respeitar as necessidades e ordenar o uso do fogo para a agropecuária e o extrativismo, de maneira concretamente participativa.
Os participantes também puderam compartilhar suas diversas experiências em gestão do fogo e combate e prevenção de incêndios demonstrando o papel fundamental que o manejo integrado e adaptativo do fogo promove nas ações de proteção da biodiversidade e na gestão de conflitos socioambientais nos ecossistemas pirofíticos protegidos pelas unidades.
Corpo de Bombeiros e Prevfogo presentes fizeram oportunas contribuições referente ao potencial que o manejo integrado e adaptativo do fogo em áreas não protegidas tem a contribuir com a gestão do fogo em nível nacional.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) relacionados
13 Ação contra a mudança global do clima15 Vida terrestre 150
 
Comunicação ICMBio
(61) 2028-9280

Institucional

O Site

Informações sobre os principais atrativos turísticos, comércio local, instituições públicas, vagas de empregos e muito mais!

Resultado de imagem para cadastur 13.028984.10.0001-5

 

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo