Novidades em Chapada dos Guimarães

Circuito das Cachoeiras - Parque Nacional de Chapada dos Guimarães 19/11/2021 20:40

Circuito das Cachoeiras aberto aos visitantes com novidade a partir de 23 de novembro

Desde que o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães foi criado em 12 de abril de 1989 pelo Decreto Lei 97.656 a visitação ao atrativo do circuito das cachoeiras já foi permitida sem acompanhamento de guias.

Para visitantes mais conscientes o trajeto foi frequentado num passado recente aliando lazer ao respeito a este ecossistema em contraposição aos que faziam desta visita verdadeiro descarte de lixo.

Desde 2008 após um acidente na cachoeira do Véu de Noiva para trilhar o caminho entre as cachoeiras era obrigatório o acompanhamento de guia ou condutores.

Numa nova tentativa da administração do Parque Nacional a partir do dia 23 de novembro de 2021 esta trilha das cachoeiras não terá a obrigatoriedade do acompanhamento de condutor.

A entrada do atrativo será feita, exclusivamente, a partir da entrada principal do parque, localizada no Véu de Noiva, após leitura e assinatura de termo de conhecimento de risco de cada visitante.


Inicialmente, serão 150 vagas diárias, com entrada das 09 hs às 12 hs.
O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães está estudando a possibilidade de aumentar o número diário de vagas e disponibilizar parte das vagas para agendamento on line.

Continua não sendo permitida a entrada às trilhas com bebida alcóolica, assim como equipamentos para preparo de comida no local (como churrasqueiras, fogareiros e outros).
Todas as regras estabelecidas no plano de manejo, termo de conhecimento de risco e informações na sinalização devem ser seguidas por todos os visitantes. Confira as demais regras para visitação no site do PNCG.

O acesso para o circuito das cachoeiras do PNCG é na Rodovia Emanuel Pinheiro(MT-251) - Km 50

Para maiores informações ligue para (65) 3301 1133 ou contate pelo e-mail pncg.mt@icmbio.gov.br

 

Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

Considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco possui mais de 32 mil hectares de terra protegida com um relevo peculiar cheio de paisagens fascinantes, trilhas perfeitas para quem gosta de aventura e cachoeiras de água gelada para espantar o calor do Cerrado. A entrada aos atrativos do Parque é gratuita.

Condições especiais de visitação

Em decorrência da pandemia de coronavírus, estão sendo adotados horários e regras especiais para segurança dos visitantes, condutores e funcionários, em atendimento à legislação em vigor.

Entre as medidas comuns a todos os atrativos está a redução da capacidade de visitação de público diário e adoção de horários especiais.

 
Aos visitantes é obrigatório:

- uso de máscara facial durante toda a estada no parque nacional, cobrindo totalmente nariz e boca;

- distanciamento social mínimo de 2m entre as pessoas;

- desinfecção das mãos com álcool em gel a 70% ao entrar na unidade.

 

Circuito de Cachoeiras

Neste atrativo existem quedas d’água de diferentes tamanhos, mas todas com uma beleza singular.

Todo o percurso das cachoeiras está em uma distância de nove quilômetros de caminhada de nível leve a moderado. Separadas, em média, por um quilômetro, é uma caminhada agradável não proporcionando o cansaço, porque logo aparece uma queda d’água pra relaxar antes da próxima.

Casa de Pedra

Durante este trajeto é possível visitar a Casa de Pedra. É uma caverna de arenito, abrigo de pequenos roedores e outros animais que por lá se abrigam.

 

Cachoeira Sete de Setembro - Sonrisal

Com uma queda de aproximadamente dois metros de altura, ela é relativamente rasa.

A correnteza não é forte, portanto, é fácil nadar até alcançar o banco de pedras que fica logo abaixo da queda. 

 

Cachoeira Hidromassagem

Pequena cachoeira que ganha esse nome engraçado porque o movimento da água forma uma hidromassagem com uma espuma branca constante.

 

 

Cachoeira do Pulo

Bem ao lado da Cachoeira Sonrisal, ela tem cerca de três metros de altura. Não é mais permitido pular.

 

Cachoeira do Degrau

Formada pelo rio Sete de Setembro, ela é uma pequena cachoeira com vários degraus, que lembram uma escada, e uma piscina que permite algumas braçadas. Apesar de pequena, a profundidade média é de dois metros.

 

Cachoeira da Prainha

Esta é a menor queda d’água de todo o circuito, mas que tem uma das maiores piscinas naturais e um tipo de prainha formado pela areia das margens do rio. É ideal para quem está com crianças ou para quem quer  relaxar tranquilamente.

 

Piscina natural

 

Cachoeira das Andorinhas

É a mais alta de todo o circuito, com aproximadamente 30 metros de queda d’água com uma pequena praia.

 

Cachoeira da Independência

A cerca de 50 metros da Cachoeira das Andorinhas, esta é a última cachoeira do circuito e, atualmente, só podemos vê-la do alto dos seus 50 metros. Devido às dificuldades de acesso e à falta de estrutura, ela está fechada para visitação.

 


O Site

Informações sobre os principais atrativos turísticos, comércio local, instituições públicas, vagas de empregos e muito mais!

Resultado de imagem para cadastur 13.028984.10.0001-5

 

vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo